Marco Pecchy | Sobre | Perfil Profissional

Copyright © 1977- 2019  Marco Pecchy | All Rights Reserved.

Todo o poder começa com o querer

Entusiasmo é o que move o mundo de todo mundo

Já ouviram a frase querer é poder ?
 

Creio que boa parcela ou a imensa maioria das pessoas otimistas creem nesta parábola, uma vez que você começa a se empenhar com o propósito de atingir um objetivo, este acaba se concretizando.
 

Na pior das ocasiões, pode apresentar singelos resultados favoráveis decorrentes da sua própria vontade, a de alcançar um objetivo comum e na melhor das hipóteses o objetivo é alcançado e você é surpreendido(a) com resultados não esperados, ou seja, mais que satisfatórios.
 

De toda essa filosofia uma coisa é certa, quando você age os resultados aparecem de alguma forma.
Pode não ser da maneira que planejamos, tampouco se aproximar do que almejamos, mas a partir do momento em que você se move mentalmente e fisicamente com um propósito definido, tenha em mente que a conquista já está no caminho.
E quando você não desiste, este mesmo percurso guiará você na direção certa para alcançar os seus objetivos.

 

Mas vamos ao que interessa (para alguns), o meu perfil profissional.
 

Era uma vez, uma criança que gostava de desenhar…
Em meados do ano de 1990, esta criança chamada Marco Pecchy deu inicio em suas atividades profissionais fazendo desenhos à nankin em folha de poliéster (um papel vegetal melhorado) para uma estamparia de confecções infantis.

 

Naquela época ainda não era proibido trabalhar aos 13 anos de idade e de lá pra cá não parei mais…
 

Óbvio que veio a adolescência e depois de todas aquelas aventuras que aqui “não cabem”, vivenciei uma sucessão de acontecimentos que acabaram lapidando minha personalidade. Porém entre todos os percalços da fase “aborrescente”, na ocasião me tornei um profissional requisitado e respeitado por um certo grupo de empresários.
 

O problema foi… Eu mesmo!
Cabeça imatura atrás de aventura só encontra desventura, principalmente na área profissional.

 

Então, em meados dos anos 90 ainda atuando na área de têxtil, desperdicei a melhor oportunidade da minha vida quando meu professor (hoje meu amigo Mario Jorge Farah Miguel), me apresentou para o Ruindows 95 com um computador novinho em folha e um pacote de softwares chamado CorelDraw.



Um investimento alto só pra mim, da qual eu desdenhei e só fui enxergar valor anos à frente…



Descontente com a falta de ascensão na carreira sem saber que eu mesmo estava me podando, fui desbravar novos horizontes colocando a mão na graxa, servindo cafezinho atrás de balcão de lanchonete, vendendo roupas em loja de shopping e dentre as inúmeras experiências adquiridas consegui permanecer por um tempo dentro de uma gráfica.



Já era tarde, era Ruindows 98. E segui atravessando o milênio absorvendo tudo que o mestre
João Eudes Brito Vicente tinha para me ensinar na área gráfica e de pré-impressão.

 

Aprendi com o professor que para obter sucesso na vida, primeiro você precisa estar rodeado de pessoas que te favoreçam de alguma forma ou seja, é necessário estar presente num círculo de gente influente, seja lá qual for a área.
 

E com o mestre aprendi que quanto mais honesto, sincero e transparente você é, maior será suas chances de vencer profissionalmente.
Independente de juntar dinheiro ou angariar patrimônio, você como pessoa íntegra deve se tornar um profissional exemplar e passar adiante todo o seu conhecimento, para que as próximas gerações deem continuidade a partir da sua evolução pessoal, profissional e experiência de vida...

 

Passaram-se os anos e eu pulei como um macaco em todo o tipo de árvore, mas a base do design adquirida lá atrás permanecia. Segui me aventurando por dezenas de galhos de árvores e no decorrer do caminho quebrei uma porção deles, não dando atenção à coisas importantes do tipo disciplina financeira e descontinuando todo o tipo de oportunidade que surgia na minha frente.
 

Ao final da adolescência segui me aventurando e entendi que faria tudo de novo, igualzinho!

Tudo que aprendi entre  alguns galhos quebrados e as virtudes dessa trajetória turbulenta, trouxeram consequências das quais eu não trocaria por nada nesse mundo. Uma delas é a experiência e expertise profissional.


Nesse meio tempo, trabalhei fazendo pintura e grafite de fachadas em estabelecimentos comerciais públicos e privados.
Atuei também como frentista por alguns anos e fiz fortuna, mas o cabresto fazia com que eu gastasse mais do que ganhava e no início do novo milênio comecei a voltar minha atenção para a área digital novamente com foco na internet.

 

Um novo mundo cheio de novas descobertas e possibilidades na qual vivenciei bons tempos na área de pré-impressão, comunicação visual, criação e elaboração de sites na internet.

Dentre idas e vindas, passei por poucas e boas experiências na área do empreendedorismo, da qual formei uma base de conhecimento ímpar na relação com clientes, fornecedores e parceiros, estes que dividiram comigo boa parte do seu sucesso e alguns que infelizmente não conseguiram progredir por falta de conhecimento, expertise, visão de negócios,  mercado e a constante transição evolutiva da era digital.


O tempo passou e hoje estou aqui, me apresentando formalmente e contando um pedacinho da minha história profissional. 
Esse resumo dos resumos é apenas uma pré-abordagem da minha formação profissional e mesmo com os inúmeros contratempos, tenho a certeza de que sempre estive no caminho certo e fiz o meu melhor para que as coisas caminhassem da melhor maneira possível.

 

O mero fato de você se tornar um profissional (seja qual for a sua área de atuação), simplesmente faz de você uma pessoa útil, importante, requisitada e colecionadora de agradecimentos.
 

Seria desnecessário levar a conversa para uma esfera meio óbvia do tipo:

"• Todos nós vivemos num mundo capitalista;
  • Se você não se profissionalizar será uma pessoa substituível;
  • E se você não se destacar no que faz, será substituído(a)."


Simples assim!

Desde então faço dos meus dias o melhor que posso, me dou por inteiro em todas as tarefas e no momento vivencio uma fase importantíssima da minha vida que é alavancar os negócios de empreendedores digitais.

 

Meu avô já dizia que; 
– Casa del fabbro, spiedino di legno! A versão italiana do famoso ditado: "Casa de ferreiro, espeto de pau!"

E é assim que eu me sinto, dentro de uma ferraria servindo churrasco em espetos de madeira.
Porém o mais importante é degustar a carne e se você for vegetariano(a), nós também temos um cardápio específico para a sua dieta.

 

Se a sua leitura chegou até esse ponto, é porque alguma metáfora ou semelhança das minhas experiências de vida e profissional te tocou. Isso faz de você uma pessoa curiosa, criativa e interessada.
Considere-se um(a) vencedor(a), pessoas assim tendem a alcançar seus objetivos com mais... "objetividade" e acabam realizando seus sonhos, mesmo que em algum momento, estes pareceram inalcançáveis.

 

Contudo, me coloco à sua disposição para auxiliar-lo(a) com o que estiver ao meu alcance.
E vou me esforçar para auxiliar-lo(a) em seus anseios mais distantes também…

 

Hoje somos referência na área de Design, Marketing, Publicidade e Internet graças a Deus e a todos vocês que de alguma forma consomem e compartilham nosso conteúdo na internet e em seus círculos de amizade, o meu muito obrigado!

Continuem assim, colaborando e fazendo com que mais pessoas se tornem profissionais reconhecidos no mercado de trabalho formal, informal e autônomo. Esta simples ação tem volta e de acordo com a teoria da relatividade junto das forças divinas, quem pratica o bem sem olhar a quem, é favorecido por alguém...

 

Agradeço a oportunidade de poder compartilhar com vocês essa pequena parte da minha trajetória profissional e espero dar continuidade nessa história que ainda vai render muitas outras aventuras.

 

Obrigado por fazerem parte da minha história!

Marco Pecchy